Um pouco sobre a ectotermia: Temperatura corporal nos Répteis


Uma característica marcante dos répteis é a ectotermia. Esta palavra, que pode lhe parecer estranha, significa que o ganho de temperatura corporal do animal ocorre através de fontes de calor externas. Neste caso, todo o calor presente no corpo de um réptil provém do meio no qual o indivíduo se encontra. Estas fontes de calor podem ser a radiação solar que incide diretamente sobre o corpo do animal, ou aquela que é refletida por rochas, areia ou até mesmo galhos de uma árvore. Por exemplo, é comum encontrar na natureza algumas espécies de lagartos com a temperatura corporal igual a 39°C (lembrando que o ser humano regula sua temperatura corporal em torno dos 36°C) ou seja esses animais não possuem “sangue frio” como se costuma dizer.

Foto: C. Galdino (Uso sob licença CC do Blog)

Por este motivo muitos pensam que a temperatura desses animais deva corresponder exatamente àquela encontrada no meio. Entretanto, grande parte das espécies lançam mão de mecanismos comportamentais que permite a regulação da temperatura corporal, de modo que ela varie pouco. Os lagartos, por exemplo, ajustam a posição do corpo em relação aos raios de sol, com isso podem aumentar ou diminuir a área de superfície corporal que recebe os raios do sol. Assim, quando precisam de maior quantidade de calor expõe uma parte com maior superfície ou, do contrário, quando necessitam ganhar menos calor expõe superfícies com menores áreas corporais. Um outro comportamento adotado por lagartos é regular o grau de achatamento em relação ao substrato. Quando muito frio é comum ver esses animais com o ventre totalmente em contato com o substrato que ele ocupa, seja uma pedra ou até mesmo paredes e muros nas grandes cidades. Também é comum que o animal alterne a permanência entre áreas sombreadas e ensolaradas.

Temperatura corporal de T. hispidus e as temperaturas do meio (rocha e ar ambos sob sol). Figura modificada de Vitt et al. 1996. J. Tropical Ecology 12:81-101

As serpentes tendem a escolher ambientes onde as temperaturas são mais adequadas para seu metabolismo e podem também utilizar de modificações em posturas corporais ou na posição em que se encontram em relação a fonte de calor. O controle da temperatura corporal através de produção própria de calor é incomum nos répteis, contudo ela ocorre na espécie Dermochelys coriacea veja foto, conhecida como tartaruga-de-couro.

Não fosse pelo processo de regulação da temperatura corporal – o que tecnicamente se chama termoregulação- a temperatura dos répteis tenderia a subir conforme as temperaturas ambientais aumentassem. Contudo o que se nota é que ela relativamente estabiliza em um determinado valor. Este valor de temperatura é considerado como aquela ideal para grande parte das reações metabólicas que acontecem no corpo do animal.

A temperatura do meio tem implicações importantes para a vida de um animal ectotérmico. A escolha de sítios com melhores condições termais pode implicar em maiores taxas de crescimento e melhor funcionamento metabólico, um processo determinante na vida destes animais.

Por Conrado Galdino

About these ads

9 Respostas

  1. [...] tratando de répteis – serpentes, lagartos, tartarugas – aí vão algumas das diferenças. Os répteis são ectotérmicos, mais conhecidos como “animais de sangue frio”; por esta razão, necessitam de requisitos de [...]

  2. Já vi um lagartinho em uma posição estranha, com os braços e pernas esticados e o corpo meio curvado.

    estaria ele se afastando da parede para circulação do ar, ajudando na regulação da temperatura corporal?

    • Gabriela,
      Pode ser que tenha sido um comportamento de termoregulação. Mas esse corpo encurvado remete a posturas relacionadas ao processo de comunicação desses bichos!

  3. [...] 4-Um pouco sobre a ectotermia: Temperatura corporal nos Répteis [...]

  4. OS REPTEIS CADA DIA MAIS VEM ME INPRESSIONANDO

  5. :)

  6. Ola, estou escrevendo um artigo que relaciona o a temperatura corporal de cascavéis com a tentativa de uma infecção experimental com toxoplasma, estou encontrando dificuldades em encontrar artigos sobre ectotermia, poderia me ajudar?

    • Olá Marcos,

      Desculpe-nos a demora no retorno. Caso ainda precise de ajuda, envie um e-mail para mim (biologodanielpassos@gmail.com) que lhe passarei alguns artigos relacionados ao tema.

      Abraço e sucesso na sua pesquisa!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 162 outros seguidores

%d bloggers like this: