A diversidade de lagartos


Atualmente, os lagartos compõem o maior grupo entre os “Répteis”, com aproximadamente 5000 espécies descritas. Abrangem uma grande diversidade de dimensões e formas corpóreas, variando desde as pequenas lagartixas anãs, de poucos centímetros de comprimento, aos gigantes dragões de Komodo, com até três metros e cerca de 150 quilos (Pough et al., 2008). Em geral, são formas de vida facilmente reconhecidas e distinguíveis de outros animais, por apresentar corpo alongado coberto de escamas, quatro membros com cinco dígitos cada, cauda longa, pálpebras móveis, ouvido externo com tímpano e, em geral, pela oviparidade. Entretanto, algumas linhagens diversificaram-se, havendo casos de reduções apendiculares, perda de pálpebras e de ouvido externo, além da ocorrência de viviparidade em várias espécies.

Hemidactylus_mabouia_DanielPassos

Figura 1. Uma lagartixa (Hemidactylus mabouia).  Fotografia de Daniel Passos.

O Brasil possui, atualmente, 721 espécies de “Répteis” que ocorrem em seu território, deste total, 241 são lagartos (Bérnils & Costa, 2012). Esta grande riqueza, uma das maiores do mundo, resulta não apenas da elevada extensão territorial do país, mas também da diversidade de ecossistemas e de eventos históricos de mudanças climáticas e geográficas durante o Pleistoceno na América do Sul (Rocha, 1994).

Os lagartos brasileiros ocorrem em praticamente todos os ambientes naturais e inclusive algumas espécies adaptaram-se eficientemente à vida em áreas urbanas. Tendo em vista esta presença no cotidiano das civilizações humanas, urbanas e rurais, é de se esperar que pelo menos algumas espécies tenham se tornado mais populares e figurem mais intensamente na cultura da população brasileira.

A seguir, algumas das espécies mais populares no país
(Nome popular – Nome científico – Família):
1.Camaleão (Iguana iguana) – Família Iguanidae
2.Lagarto rabo-de-abacaxi (Hoplocercus spinosus) – Família Hoplocercidae
3.Calango-cego (Polychrus sp.) – Família Polychrotidae
4.Papa vento (Enyalius sp.) – Família Leiosauridae
5.Lagartixa da praia (Liolaemus sp.) – Família Liolaemidae
6.Calango de parede (Tropidurus sp.) – Família Tropiduridae
7.Briba (Hemidactylus sp.) – Família Gekkonidae
8.Cobra de vidro (Ophiodes sp.) – Família Anguidae
9.Teiú (Tupinambis sp.) – Família Teiidae
10.Calango-liso (Mabuya sp.) – Família Scincidae

OBS: É importante frisar que a nomenclatura popular é muito vasta, apresentando particularidades regionais ao longo do território brasileiro, aqui apenas um nome popular foi citado.

Aguardem mais contribuições sobre os lagartos brasileiros.

Por: Daniel Passos, membro do NUROF-UFC

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BÉRNILS, R. S. & H. C. COSTA (org.). 2012. Répteis brasileiros: Lista de espécies. Versão 2012.1. Disponível em http://www.sbherpetologia.org.br/. Sociedade Brasileira de Herpetologia. . Acesso em: 10. dez. 2012.

POUGH, H. F.; JANIS, C. M.; HEISER, J. B. 2008. A vida dos vertebrados. 4ª ed. São Paulo: Atheneu.

ROCHA, C. F. D. 1994. Introdução à ecologia de lagartos brasileiros. In: NASCIMENTO, L. B.; BERNARDES, A. T.; COTTA, G. A. Herpetologia no Brasil, 1. Belo Horizonte:Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Fundação Biodiversitas; Fundação Ezequiel Dias.

Anúncios

14 Respostas

  1. Caros colegas,

    Gostaria de adicionar o nome das espécies ilustradas para fins de consulta.
    Respectivamente de cima para baixo:

    1. Iguana Iguana

    2. Hemidactylus agrius

    3. Polychrus acutirostris

  2. Interessante.
    Interessantes e bonitos!
    Considerando a enorme presença dos lagartos no dia-a-dia dos seres humanos e a grande quantidade de informações errôneas sobre os mesmos disponíveis ao grande público, sugiro um post comentando acerca de mitos, lendas e crenças sobre estes ‘répteis’ admiráveis.
    Esclarecimentos acerca da biologia destes bichos, incluindo aspectos comportamentais, fisiológicos e reprodutivos, certamente proporcionarão uma convivência mais harmoniosa entre eles e o bicho homem.
    Como em outra ocasião já se foi falado acerca de mitos e lendas pelo mundo, sugiro uma restrição a estórias envolvendo lagartos brasileiros.

    Leituras como as que fiz acerca de lagartos aqui (não li nada sobre os outros temas ainda) são ótimas oportunidades de aquisições rápidas e interessantes de conhecimento. Boa iniciativa a de vocês.

    • Oi Laís,

      Gostei muito de seu posicionamento e igualmente concordo que é a falta de conhecimento que distancia o homem da natureza.

      Nosso intuito é contribuir para desmistificar concepções errôneas e educar o homem, permitindo sua conscientização sobre o mundo natural.

  3. Aguarde as notas de etnoconhecimentos sobre lagartos que virão…

  4. Muito legal, um blogue de herpetô. Sempre bom ver trabalho a desmistificar a visão popular preconceituosa contra esses animais.

    []s,

    Roberto Takata

  5. […] já visto em (A diversidade dos lagartos), a redução apendicular (redução de membros locomotores) evoluiu em diversas linhagens de […]

  6. Você poderia me passar essa referência ROCHA 1994?

    • Cara Aurea,

      Temos a versão impressa apenas da referência. Vamos tentar digitalizar e converter em PDF. Te enviaremos tão logo tenhamos isso em mãos.

      Um abraço,
      C.

  7. Olá amigo tenho uma informação importante de um lagarto que solta uma secresão que é muito benifica aos seres humanos, infelizmente não sei quau é a sua especie. vi uma reportagem e era do seguinte modo, eles enjetavam a toxina e em menos de 1 minuto todos os vazos saguineos se dilatavam, os moradores de tal cidade afirmaram que beneficiava muito o sistema cardiovascular, mas os pesquizadore diseram nada os beneficiavam, contraditóriamente ninguem morria de problemas cardiacos e nem tenham presão alta, logo isso foi abafado e nem aqui na net emcotrei nada vezas nada, então diminuiria os gastos nos hospitais, então finalizando.foi por causa da grana que os doentes gastam por isso abafaram.sei que foi aqui no brasil.vc podeiria pesquisar e imforma no seu blog e me mandar por email, porfavor?digo apenas que tal reportagem ocorreu de verdade. então não importa se acredita ou não, apenas gostaria de saber qual é o bendito lagarto.

    • Ismael,

      Tão logo tenhamos alguma informação segura sobre o tema levantado por você, publicaremos uma nota no blog.
      Obrigado pela lembrança.

      • Eu lembro da reportagem que o Ismael falou, foi no globo repórter, não lembro o dia, mas e como ficou? Encontraram algo? Faz tempo hein?

        Editado por conter pequenos erros.

      • Olá Jessica,

        infelizmente não encontramos nada a respeito da tal matéria, mas caso encontrem sintam-se a vontade para nos enviar.

        A Equipe Nurof nas Nuvens agradece sua colaboração!

  8. O hoplocercos spinosus ocorre no Estado de Goiás? Será que tem registros no sudeste goiano?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: