A muda de pele das serpentes


O desenvolvimento de um tegumento com um grau de queratinização mais elevado nos répteis foi um evento importante no processo de independência da água. Os répteis squamatas, em geral, passam por um processo chamado ecdise ou mudança de pele, momento crítico na vida desses animais, porém, necessário para auxiliar no crescimento e na renovação dos tecidos. A forma como se dá a ecdise varia conforme o tipo de tegumento. Por exemplo os lagartos apresentam diferentes formas de desprendimento da pele velha, geralmente em pedaços irregulares, diferente das mudas de serpentes que se desprendem inteiramente (SMITH 1946; ZUG 1993).

No caso das serpentes, a muda é especialmente interessante uma vez que a pele é trocada por inteiro, de uma só vez. Começando pela cabeça, a pele velha vai se soltando e saindo pelo avesso, como se fosse uma meia (veja o vídeo abaixo). Os casos onde isso não ocorre e a muda acontece irregular (muda imperfeita) podem indicar que algo está errado com a saúde do animal. Por isso, nos serpentários a muda das serpentes é um quesito que é bem observado.

Fatores como parasitas externos, dieta e condições físicas do ambiente inadequadas ou outras situações de estresse prejudicam o processo de muda das serpentes. Quando a muda não acontece por completo pode causar problemas no crescimento de novos tecidos ou levar ao “apodrecimento” de algumas regiões do corpo, agravando a saúde do animal.

O processo de muda das serpentes é de fácil reconhecimento, geralmente, o animal apresenta sintomas bem característicos. A cor dos olhos fica azulada ou esbranquiçada e turva prejudicando um pouco a visão do animal. As serpentes diminuem ou suspendem a alimentação neste período, voltando a alimentar-se somente depois que a muda se completa. O comportamento e a agressividade também sofrem alterações. Nos serpentários se evitam manusear as serpentes durante esse período.

Foto: Hugo Fernandes

A periodicidade com que as mudas ocorrem depende do estado de saúde do animal, do seu tamanho e idade e das condições do ambiente onde se encontram. Uma curiosidade que envolve a mudança de pele das cascavéis e que pouca gente sabe está relacionada ao tamanho do seu chocalho. Alguns ditos populares afirmam que cada unidade do chocalho de uma cascavél representa um ano a mais em sua idade, provavelmente tiram essa conclusão depois de observarem que cascavéis mais velhas possuem um chocalho maior, mas o que isso tem a ver com mudança de pele de serpentes? Você sabe como relacionar? Em breve postaremos sobre isso.

Por Gabriela Melo, membro NUROF UFC.

9 Respostas

  1. […] This post was mentioned on Twitter by spbutterfly and NUROF, NUROF. NUROF said: A muda de pele das serpentes. http://wp.me/pXd7d-kY […]

  2. […] da mesma forma que as serpentes, desprendendo por completo toda a camada envelhecida (Veja Também: A muda de pele das serpentes. […]

  3. […] mudas de pele que saem quebradiças, ao invés de se soltarem em uma única muda inteira (Veja em: A muda de pele das serpentes.) , dão pista por exemplode infestação por ácaros . Carrapatos, que por sua vez podem transmitir […]

  4. […] será que realmente existe essa relação? O que de fato ocorre é que a cada muda de pele (Veja: A muda de pele das serpentes) que a cascavel realiza é adicionado um anel ao guizo, dessa forma o número de anéis está […]

  5. Adorei !!! ótima explicação

    • Olá André,

      Obrigado por acompanhar o blog. Ver o que nossas postagem causam em nosso público é, realmente, gratificante!

      Att,

      Equipe NUROF Nas Nuvens.

  6. Como seria um gráfico de crescimento de uma serpente? Igual ao dos artrópodes?

    • Oi Questionador,

      Um gráfico de crescimento de serpentes é muito variável, pois depende de vários fatores como saúde do animal, disponibilidade de comida (presas), frequência na qual ela se alimenta, período do ano (no caso de locais com marcante sazonalidade climática), e o mais importante: idade da serpente.
      Outro ponto a ser observado é que quando se analisa o crescimento de serpentes, geralmente dois tipos de crescimento são mensurados, comprimento e massa. Quando estas informações são plotadas em um gráfico, este pode se apresentar de várias formas, como uma linha quase contínua, em “zig-zag” e também um pouco parecido com gráfico de crescimento dos artrópodes, este último para comprimento sob marcante sazonalidade climática, como no clima temperado.

      Atenciosamente,

  7. […] que de fato ocorre é que a cada muda de pele (Veja: A muda de pele das serpentes) que a cascavel realiza é adicionado um anel ao guizo, dessa forma o número de anéis está […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: