Iguanas: os lagartos mais famosos das Américas!


As iguanas constituem um grupo de lagartos amplamente distribuídos pelo continente Americano. Embora o nome popular “Iguana” indubitavelmente transmita a concepção de um lagarto de morfologia bem peculiar, a diversidade de formas de vida associada a este nome é fantástica.

Os cientistas que estudam lagartos têm demonstrado que sob este famoso nome existem pelo menos 39 diferentes espécies biológicas, inclusas em 8 gêneros e agrupadas em uma grande família biológica, a Iguanidae (Uetz & Hallermann, 2011).

Apesar da imensa diversidade do grupo, existem iguanas mais conhecidas do que outras. Merecem destaque: as Iguanas Marinhas de Galápagos – Amblyrhynchus cristatus; as Iguanas Terrestres de Galápagos – Conolophus subcristatus; e, em especial, a Iguana Verde – Iguana iguana, cujo Gênero faz referência ao nome popular.

A Iguana Marinha de Galápagos (Amblyrhynchus cristatus) é um lagarto de grande porte, de coloração pardo-avermelhada, com proporções variáveis de preto e vermelho (Figura 1). A espécie habita a faixa costeira das ilhas do arquipélago de Galápagos, sendo facilmente encontrada sobre os costões de rochas vulcânicas à beira-mar. Este animal foi um dos organismos mais estudados pelo igualmente renomado naturalista Charles Darwin, fundador da teoria da evolução por seleção natural. A dieta das Iguanas Marinhas é predominantemente composta por algas oceânicas que são obtidas na zona de arrebentação das ondas ou mesmo no fundo oceânico. É exatamente isso! As iguanas marinhas fazem jus ao seu nome, sendo capazes de mergulhar à procura de algas e permanecerem submersas por até uma hora (Wikelski, 2011). Como conseqüência destes hábitos, estas iguanas apresentam um especializado sistema de eliminação de sais, as glândulas nasais, que esguicham o excesso de sal ingerido (Hazard, 2004).

Figura 1. Iguana Marinha de Galápagos (Amblyrhynchus cristatus) Foto: mtkopone. http://twixar.com/lGK2sM

A Iguana Terrestre de Galápagos (Conolophus subcristatus) pode alcançar cerca de um metro de comprimento e é facilmente reconhecida por sua coloração amarela-esbranquiçada (Figura 2). Esta espécie habita as paisagens mais centrais das ilhas, justificando seu nome popular. A dieta das iguanas terrestres é primariamente herbívora, consistindo em folhas, flores e frutos, entretanto insetos e outros artrópodes podem complementar sua dieta (AISBL, 2006). Nos períodos de seca intensa, a aquisição de água se dá indiretamente através do alimento, principalmente por meio de frutos carnosos de cactos, encontrados em abundância nestas ilhas.

Figura 2. Iguana Terrestre de Galápagos (Conolophus subcristatus). Foto: Jerry Fiddler (jfiddler) http://twixar.com/0WHCL

A Iguana Verde (Iguana iguana) é uma das espécies de lagarto mais famosas do mundo, tendo sido descrita em 1758 pelo famoso taxonomista Carolus Linnaeus (Lineu), criador do sistema de classificação biológica e nomenclatura binomial, utilizados pelos cientistas até os dias de hoje. Esta espécie apresenta-se distribuída por toda a América, desde o Sul dos Estados Unidos até o Paraguai (Uetz & Hallermann, 2011).

Iguanas

Figura 3. Iguana iguana jovem (acima) e adulta (abaixo). Fotografias de Daniel Passos.

A Iguana Verde sofre uma evidente mudança de coloração ao longo de seu desenvolvimento. Quando jovem, é quase que completamente verde, entretanto os indivíduos adultos apresentam-se predominantemente pardo-acinzentados (Figura 3). Estes padrões de coloração constituem uma eficiente estratégia defensiva, a camuflagem, que dificulta a localização dos indivíduos pelos seus predadores. Assim, as jovens iguanas preferem a periferia das árvores, repletas de folhas verdes, enquanto que os adultos geralmente se associam a troncos de árvores ou ao próprio solo.

A fama internacional das Iguanas Verdes é principalmente devido a sua renomada utilização como “pets”, consistindo uma das espécies exóticas mais criadas em cativeiro.Esta prática só tem aumentado nos últimos anos e, com a intensificação das exigências legais, os impactos derivados do tráfico ilegal destes animais têm se tornado cada vez mais intensos e preocupantes (Alberts et al., 2004).

Aguardem novas contribuições sobre lagartos no próximo mês!

Por: Daniel Passos, membro do NUROF-UFC

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

AISBL, 2006. Charles Darwin Foundation for the Galapagos Islands (AISBL)http://web.archive.org/web/20070606214921/http://www.darwinfoundation.org/files/species/pdf/land-iguana-en.pdf.

ALBERTS, A. C.; CARTER, R. L.; HAYES, W. K. & MARTINS, E. P. (eds.) 2004. Iguanas – Biology and Conservation. University of California Press.

HAZARD, L. C., 2004. Sodium and Potassium Secretion by Iguana Salt Glands. University of California Press.

UETZ & HALLERMANN, 2011. http://www.reptile-database.org/.

WIKELSKI, M., 2011. http://www.princeton.edu/~wikelski/DivingDragons.htm.

11 Respostas

  1. Daniel! Aqui é a Méuri. Hoje vi duas iguanas no meu trabalho, uma jovenzinha (verdinha) e outra adulta (acinzentada). Daí justo hoje você resolve falar um pouco da biologia desse animal. ^^ Que legal! Beijinhos

  2. Daniel, Parabéns!
    Voce foi genial com este comentário, pois além de bastante elucidativo, foi fantástica a forma como foi abordada as várias espécies de iguanas.

  3. Daniel meu irmão, você é realmente fantástico ! Incrível como você escreve com facilidade e clareza algo científico e o torna tão acessível ao público, ao mesmo tempo que transparece o quanto você ama tudo isso ! Que bom meu irmão te ver fazendo o que gosta e com tanta propriedade ! Parabéns ! Te amamos e ficamos muito orgulhosos !

    • Hehehe…
      Esse comentário certamente tem um viés genético e cultural tendencioso.
      De qualquer maneira, obrigado pelo elogio Cris!

  4. Cara, parabéns pelo texto! Muuuito bem escrito, claro e divertido, sem deixar de ser informativo.

    (go, go, rocket team =D)

  5. Oi Liana,
    Muito obrigado!
    Continue acessando nosso blog!
    Aqui você encontra muitas novidades.
    E o melhor de tudo é que você as informações têm credibilidade!

  6. daniel pode por mais imagens de lagartos tenho 10 anos e estou estudando para ser biologa de animais ainda tenho muito tempo pra saber de tudo sobre animais seu blog é demais

    • Poxa giovana que legal seu comentário!
      Fica sempre atenta ao nosso blog que tem muitas notícias legais sobre biologia!!!

      Se tu tiver facebook também temos um perfil : Nurof Ufc
      lá tbm tem muitas fotos e imagens legais de anfíbios e répteis!

      abraços!

    • Oi Giovana,

      Tudo bem?

      Fico extremamente feliz em ver sua empolgação. Espero que você compartilhe com minha paixão por lagartos. Quanto as fotos, visite o setor de lagartos e aguarde as novas postagens. Todo mês postamos novidades lá!

      Muito obrigado por seu elogio. Em nome da equipe agradeço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: