Novo astro animal na TV brasileira: a lagartixa da novela das 7


Depois de cães, gatos e chimpanzés, agora foi a vez dos lagartos tomarem a cena! No capítulo do dia 25/07/11 da novela global “Morde e Assopra”, mais uma estrela entrou em cena. Aparecendo no período noturno e atuando no papel de “lagartixa”, um calango do gênero Tropidurus roubou a cena e chamou atenção com sua desenvoltura diante das câmeras (Figura 1).

Na cena, a inusitada e brilhante aparição do animal provocou sustos à personagem que o visualizou, que reagiu demonstrando medo e gritando desesperadamente. Em seu socorro, apareceram seus pais, que identificaram o bicho como uma “lagartixa”.

Figura 1. Sequência de imagens do novo astro animal da TV brasileira, um lagarto do gênero Tropidurus. Fonte: Vídeo do capítulo da telenovela disponível na Internet.

Interessante notar as diferentes reações exibidas pelos personagens. Enquanto a personagem que avistou o bicho reagiu com medo, gritos e desespero, clamando inclusive pela morte do animal, seus pais, que há mais tempo tinham contato com esse tipo de bicho, reagiram tranquilamente, considerando uma tolice a reação exagerada da menina.

A aparição do bicho, os comentários e as ações dos pais da personagem são muito importantes, pois, ao trazerem à tona a “lagartixa” e a sua não nocividade ao homem, somam pontos junto às estratégias de conservação desses animais, bem como de outros “répteis”. Informada, a população pode agir, ao visualizar um bicho semelhante a uma lagartixa ou a um calango, apenas deslocando-o para um local no qual o mesmo não mais provoque incômodo, assim como fez o pai da personagem, evitando a tomada de atitudes que culminem com a morte do animal em questão.

Na referida cena, surge ainda um fato curioso, que é a crença que a mãe da personagem tem nas “lagartixas”. Segundo ela, “Dizem que lagartixa dá sorte”, por isso, ela não as mata. Apesar disso ser apenas uma crença, é outro ponto positivo em relação à conservação, pois, uma vez que isso seja tomado como verdade, mais “lagartixas” serão salvas da morte.

Embora apresentando alguns deslizes de cunho biológico, como a aparição noturna do lagarto Tropidurus, que é diurno, e a classificação do mesmo como inseto, a exibição do espécime de lagarto na novela foi positiva, pois trouxe, junto à imagem do animal, informações que podem contribuir com a diminuição da matança desses bichos e com sua conservação. Merecem aqui ser lembradas as importantes funções ecológicas desempenhadas pelos lagartos em seus ambientes, inclusive no consumo de insetos praga e vetores de doenças (Leia mais em: https://blogdonurof.wordpress.com/2011/03/27/a-importancia-dos-lagartos-para-a-natureza-inclusive-para-o-homem/).

Por: Laís Feitosa Machado e Daniel Passos

Advertisements

2 Respostas

  1. Muito pertinente as observações desses dois biológos, que esclarecem as pessoas que as lagartixas, em vez de serem mortas, tem é que ser preservadas. parabens aos dois.

    [Comentário editado pelos moderadores do blog: É boa prática não escrever em caixa alta!]

    • Obrigado Franzé,

      Agradeço em nome da equipe NUROF-UFC nas Nuvens pelo seu elogio. A opinião dos leitores é muito importante para nosso trabalho!

      Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: