Notícia: É preciso preparar o filhote para situações de estresse desde cedo


Fêmeas de lagarto em condições de estresse parecem preparar a prole para as condições que ele encontrará ao nascer.

Condições de estresse podem influenciar o modo de alocação de energia dos animais. Pesquisadores avaliaram o estado de saúde de fêmeas e filhotes de lagartos vivíparos da família Scincidae (Veja: Viviparidade em lagartos: tem novidade na área!) que passaram pelas condições de estresse devido à escassez de alimento e compararam com os animais que não estiveram sob estresse.

Skink, Lagarto vivíparo da família Scincidae. Crédito: Erik Wapstra

O estudo mostrou que as fêmeas estavam em um estado de saúde melhor após o nascimento da prole desenvolvida sob condições de estresse alimentar. Os filhotes destas fêmeas nasceram menores e com crescimento lento, porém com reservas maiores de de gordura, o que seria vantagem para a prole em um ambiente pós-natal estressante. Além disso, estudos anteriores mostram que filhotes menores podem ter bom desempenho em condições de alta densidade de predadores.

Veja Matéria Completa: Science Dayli – Lizard Moms May Prepare Their Babies for a Stressful World

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: