Notícia: Descoberta nova espécie de serpente com escamas afiadas


A ‘Hydrophis donaldi‘ é uma espécie muito peculiar que habita o golfo da Carpentária, Austrália.

Bryan Fry, coautor do artigo de descrição, com a Hydrophis donaldi. Foto: http://migre.me/9g4NI

Uma espécie muito peculiar de serpente marinha até agora desconhecida foi descoberta nas águas do norte da Austrália. Investigadores da Universidade da Adelaide explicam que este animal tem escamas afiadas que permitem que se defenda de predadores como os tubarões-touro ou os crocodilos.

Normalmente, as serpentes têm escamas lisas. Embora se conheçam algumas espécies marinhas com picos no ventre, nunca se tinha observado uma com uma proteção tão completa. A cobra foi batizada como ‘Hydrophis donaldi’.

Cobra escalas mar.

Escamas ásperas da Hydrophis donaldi em detalhes. Fotografia cedida por Kanishka Dimithra Bandara Ukuwela, University of Queensland

Os investigadores capturaram nove exemplares no golfo da Carpentária. Segundo Bryan Fry, da Universidade de Queensland (Austrália) e coautor do estudo, quando os cientistas avistaram a cobra, logo perceberam que nada tinha a ver com outras espécies já conhecidas. Todos os exemplares foram encontrados no leito marinho rochoso, um habitat agressivo que pode explicar a existência das escamas. No entanto, os cientistas não sabem como esta característica evolui nem para que serve exatamente.

A Hydrophis donaldi nunca tinha sido detectada por dois motivos, explica Kanishka Ukuwela, da Universidade de Adelaide, que dirigiu o estudo, ao jornal espanhol «ABC». “Trata-se de uma espécie pouco comum e vive em habitats pouco frequentados por pescadores, não ficando, por isso, presa em redes como acontece com outras espécies”.

Uma nova espécie de serpente marinha.

A venenosa ‘Hydrophis donaldi‘ (créditos: Bryan Fry, Universidade de Queensland)

Ainda se sabe pouco sobre este animal, que já está descrito na «Zootaxa». Apenas se sabe que é venenoso e potencialmente perigoso para humanos. O fato de ser venenoso é apenas mais um obstáculo que dificulta o estudo da espécie. É praticamente impossível de observar no seu habitat pois vive em águas muito turvas e preenchidas de tubarões-touro, crocodilos e cubomedusas.

Fonte: cienciahoje.pt  e news.nationalgeographic.com.

Uma resposta

  1. Não seria peçonhento ao invés de venenoso???

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: