Clipagem: Eurolophosaurus nanuzae, o lagartinho de crista “no Espinhaço”


Compartilhando o texto do mês do herpeto.org, escrito por Daniel Passos:

“A referida espécie foi descrita em 1981 como um Tropidurus, mesmo divergindo claramente da morfologia dos demais membros do gênero (Rodrigues, 1981). Contudo, em 2001, a espécie foi remanejada para o novo gênero Eurolophosaurus (Frost, 2001), que significa lagarto (saurus) da cordilheira (lopho) do leste (euro), fazendo referência à distribuição geográfica da espécie, que é endêmica da cadeia de montanhas do Espinhaço, em Minas Gerais.

Eurolophosaurus nanuzae é um lagarto de pequeno porte, que raramente alcança tamanhos superiores a 6 cm de comprimento rostro-cloacal (Galdino et al. 2003). Outra característica marcante em sua morfologia é a presença de uma crista dorsal de escamas imbricadas (Rodrigues, 1981), que juntamente com sua distribuição geográfica, fazem jus ao trocadilho do título deste texto. Explicando, “no Espinhaço” (com inicial maiúscula) se refere à cadeia de montanhas, enquanto “no espinhaço” (com inicial minúscula) se refere ao dorso do animal.”

Leiam o texto completo no herpeto.org!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: