Anatomia topográfica em serpentes: olhando além das escamas



As serpentes, como todos os répteis, possuem uma pele resistente, seca e revestida de escamas queratinizadas, que oferecem proteção contra o dessecamento e agressões (Hickman et al., 2003). A disposição das escamas (folidose) pode ser avaliada tanto na quantidade quanto nos tipos e formas, auxiliando na identificação taxonômica das espécies. As escamas ventrais, também chamadas de placas ventrais (Figura 01), são particularmente bastante utilizadas em estudos de anatomia topográfica de serpentes. Trata-se de posicionar os órgãos internos em relação ao intervalo das escamas ventrais que eles ocupam. Analogamente às placas de sinalização de trânsito, as placas ventrais nos dão o endereço do estômago, do fígado, do coração, dos rins e demais órgãos (Figura 02). O conhecimento prévio da localização topográfica do órgão de interesse tem grande utilidade prática no tratamento veterinário e em dissecações quando, por exemplo, auxilia em procedimentos cirúrgicos e aplicação de medicamentos.

screenshot-2016-10-07-at-15-47-36

Fig.1: Vista ventral de Bothrops erythromelas evidenciando escamas ventrais. Foto por Patrícia Gondim

As escamas ventrais também levam a estudos ecomorfológicos de serpentes. No trabalho de Gondim et al. (2016), realizado por membros do NUROF-UFC, os autores estabeleceram  a anatomia topográfica para uma espécie de jararaca endêmica da Caatinga (acesso ao artigo). Com o nome científico de Bothrops erythromelas, ela é conhecida popularmente como jararaca-da-seca por ocorrer somente nesse bioma. Os pesquisadores constataram que a posição relativa do coração nessa espécie é semelhante à encontrada para outras espécies terrestres de Viperidae (Seymour, 1987; Gartner et al., 2010), família a qual pertencem as jararacas, cascavéis e surucucus. Estudos realizados com diferentes membros dessa família mostraram que o coração é posicionado mais posteriormente nas espécies terrestres e mais anteriormente nas arborícolas. Este é um padrão geral para as serpentes, pois essas diferenças refletem estratégias adaptativas aos efeitos particulares da gravidade nesses hábitats (Lillywhite, 1988; Aveiro-Lins et al., 2006; Guimarães et al., 2013).

screenshot-2016-10-07-at-15-51-51

Fig.2: Vista ventral de B. erythromelas após dissecação evidenciando estômago, que nesta espécie está localizado entre as escamas ventrais 70 a 89. Foto por Patrícia Gondim.

Por: Patrícia de Menezes Gondim, membro do NUROF-UFC

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

AVEIRO-LINS, G.; ROCHA-BARBOSA, O.; SALOMÃO, M. G.; PUORTO, G.; LOGUERCIO, M. F. C. 2006. Topographical anatomy of the Blunthead Tree snake, Imantodes cenchoa (Linnaeus, 1758) (Colubridae: Xenodontinae). International Journal of Morphology, Temuco; 24: 43-48.

GARTNER, G. E. A.; HICKS, J. W.; MANZANI, P. R; ANDRADE, D. V.; ABE, A. S & WANG, T.; SECOR, S. M.; GARLAND T. JR. 2010. Phylogeny, ecology, and heart position in snakes. Physiological and biochemical Zoology, Chicago; 83 (1): 43-54.

GONDIM, P. M.; RODRIGUES, J. F. M.; BORGES-LEITE, M. J.; BORGES-NOJOSA, D. M. 2016. Topographic anatomy and sexual dimorphism of Bothrops erythromelas Amaral, 1923 (Squamata: Serpentes: Viperidae). Herpetozoa, 28 (3/4): 133 – 140.

GUIMARÃES, M.; GAIARSA, M. P.; CAVALHERI, H. B. 2013. Morphological adaptations to arboreal habitats and heart position in species of the neo tropical whipsnakes genus Chironius. Acta Zoologica:Morphology and Evolution, Oxford; 95 (3): 341-346.

HICKMAN, JR. C. P.; ROBERTS, L. S.; LARSON, A. 2003. Princípios Integrados de Zoologia. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan S.A. 846p.

LILLYWHITE, H. B.1988. Snakes, blood circulation and gravity. Scientific American, New York; 256: 92-98.

SEYMOUR, R. S. 1987. Scaling of cardiovascular physiology in snakes. American Zoologist, Lawrence; 27: 97-109.

 

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: