Lagartos brasileiros: peçonhentos não, mas nem tão inofensivos!


Sendo historicamente responsável pela 3ª postagem mais acessada do blog do NUROF-UFC e figurando entre os 10 termos de busca pelos quais mais visitam nosso blog, a temática “lagartos peçonhentos/venenosos” é indubitavelmente curiosa e importante de ser discutida.

Conforme visto em Lagartos peçonhentos (Lagartos venenosos no Brasil?), NÃO existe nenhuma espécie de lagarto naturalmente estabelecida em território nacional que produza toxinas em seu corpo (ou seja, venenosa), ou muito menos que seja capaz de inocular veneno em presas ou predadores (isto é, peçonhenta). Apesar disto, sou frequentemente indagado acerca dos perigos potenciais dos lagartos aos seres humanos. Como resposta, informo que, em geral, os lagartos brasileiros não provocam riscos relevantes, mas que são dotados de ferramentas naturais e estratégias defensivas para se proteger de ameaças.

Figura 1. Indivíduo adulto de Tupinambis merianae do plantel NUROF-UFC. Fotografia de Daniel Passos. Faça-nos uma visita para conhecer nosso Tejo!

Entre as táticas defensivas de lagartos, a mais primária é evitar ser detectado por seu predador, através da combinação de comportamentos crípticos, como camuflagem, coloração disruptiva e imobilidade. Após ser encontrado por um predador, o comportamento mais amplamente executado por lagartos é a fuga, na tentativa de escapar da ameaça. Entretanto, algumas vezes o lagarto está encurralado e, nestes casos, alguns comportamentos de intimidação podem ser exibidos no sentido de dissuadir seu potencial predador, como abrir a boca, inflar o corpo e agitar a cauda (Martins, 1996). Mesmo após todas estas tentativas de defesa, o predador pode persistir em sua investida e então, os lagartos podem se utilizar de ferramentas para atacar e agredir seu oponente. Na perspectiva dos lagartos, existem três principais tipos de dispositivos de ataque (neste caso para se defender): a cauda, as garras e a boca.

Neste âmbito, apresento os possíveis, embora pequenos, riscos da aproximação e manipulação de lagartos por leigos. Em especial, me detenho a duas espécies de grande porte que ocorrem no Brasil, a Iguana-verde (Iguana iguana) e o Tejo (Tupinambis merianae), ambas podendo atingir mais de um metro e meio de comprimento.

Figura 2. Datealhe da cabeça de Tupinambis merianae.

Obs: Vale frisar que as duas espécies citadas algumas vezes são criadas domesticamente como pets e podem tornar-se bastante dóceis, fornecendo pouco ou nenhum risco aos seus proprietários.

A longa e robusta cauda das Iguanas e dos Tejos, mecanicamente utilizada para locomoção e equilíbrio, constitui um tipo de arma de longo alcance que evita a aproximação exagerada do potencial predador. Ao ser agitada bruscamente, a cauda pode ser usada como um “chicote” para golpear o adversário, causando bastante dor no local atingido.

As fortes garras afiadas, usadas pelas Iguanas para se fixar e se locomover nas árvores e pelos Tejos para forragear e escavar tocas, quando os lagartos são manipulados, podem atingir a pele, causando danos físicos e provocando hemorragias locais.

A boca, ornamentada com fortes dentes, é pouco utilizada com fins defensivos por Iguanas, mas é uma das mais importantes armas dos Tejos. No caso dos Tejos, sua dentição é caracterizada pela heterodontia (presença de vários tipos de dentes), podendo desempenhar funções de corte, perfuração e esmagamento (Brizuela & Albino, 2010).

Recentemente, foi publicado um caso de mordida de Tejo em humanos. A vítima levou uma mordida no dedo indicador da mão direita ao tentar separar a briga entre seu cão e um Tejo com cerca de 1,5 m de comprimento. A lesão provocou perda de tecido, fratura óssea na falange distal, intensa hemorragia, inflamação local e dor intensa por mais de 10 horas. A intensidade da injúria foi tamanha que necessitou de intervenção cirúrgica, com a aplicação de enxerto cutâneo para reabilitação funcional e benefícios estéticos ao paciente (Haddad et al, 2008).

Figura 3. Crânio de Tupinambis merianae. Fotografia de Daniel Passos.

Portanto, embora a maioria dos lagartos cause pouco ou nenhum risco à saúde dos seres humanos, algumas espécies de grande porte merecem maior atenção. A lida com animais selvagens exige conhecimento biológico, prudência e responsabilidade, assim espero que esta postagem sirva como um alerta aos leitores que por ventura desejem se aproximar demais ou até manipular grandes lagartos como as Iguanas e os Tejos. Estejam cientes: Lagartos brasileiros: peçonhentos não, mas nem tão inofensivos!

Por: Daniel Passos, membro do NUROF-UFC

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BRIZUELA, S. & ALBINO, A. M.. 2010. Variaciones dentarias en Tupinambis merianae (Squamata:Teiidae). Cuadernos de Herpetología, 24(1): 5-16.

HADDAD JR., V.; DUARTE, M. R.; GARRONE NETO, D. 2008. Tegu (Teiu) Bite: Report of Human Injury Caused by a Teiidae Lizard. Wilderness and Environmental Medicine, 19: 111-113.

 MARTINS, M. 1996. Defensive tactics in lizards and snakes: the potential contribution of the neotropical fauna. Anais do XIV Encontro Anual de Etologia, 14:185-199.

Anúncios

57 Respostas

  1. Ótimo esclarecimento, Daniel, é sempre bom lembrar sobre a prudência que se deve ter ao manejar esses animais, seja para a nossa ou para a segurança deles.

    • Olá Gabriel,

      É isso mesmo, não só nossa segurança como também a dos animais deve ser pensada antes do manuseio. Boa lembrança!

      Obrigado pelo apoio e volte sempre!

  2. Pra quem gostou do texto e quer conhecer o Tejo de perto:

    Agende já uma visita à exposição do NUROF-UFC através do telefone (85) 33669801 ou pelo e-mail: nurof@gmail.com Traga grupos de 15 a 40 pessoas para verem a exposição de serpentes e outros répteis, além de assistirem a uma palestra sobre a biologia desses animais e curiosidades! http://wp.me/pXd7d-Mp

  3. Muito bom o texto, adorei!
    Um lagartinho que muita gente diz que é venenoso é o VANZOSAURA RUBRICAUDA (comumente chamado de cobreiro) e, assim, quando encontram esse lindo animal, já querem matá-lo.

    • Olá Amanda,

      Muito boa sua lembraça ao Vanzosaura rubricauda!
      Infelizmente é isso que acontece, muitas vezes.
      Da mesma forma que com as serpentes, diversos lagartos inofensivos ou de pequena importância médica são discriminados e acabam morrendo.

      É a ignorância (falta de conhecimento) dos seres humanos destruindo nossa biodiversidade. Uma de nossas missões no blog é exatamente instruir para reduzir esse tipo de crime.

      Bem Amanda, você já leu esse post? Ele é super interessante também.

      https://blogdonurof.wordpress.com/2011/02/27/lagartos-peconhentos/

  4. […] Lagartos brasileiros: peçonhentos não, mas nem tão inofensivos! […]

    • Boa Tarde !
      Eu moro em um condomínio e ao redor existe bastante arvores e ate um rio ao lado do prédio.
      Hoje eu estava toda tranquila e encontro um calango de meio metro, eu assustei e observei ele quando ele entrou no quarto eu tranquei a porta e chamei o bombeiro, segundo eles é da espécie teiu, minha dúvida calango come passarinho? pois minha passarinha começou gritar sem parar, e a segunda dúvida será que ele entrou pela janela ou pela porta da sacada?

      • Oi Anelise! A maioria dos lagartos come insetos, mas os Teiús podem comer de tudo: frutas, ovos, pequenos mamíferos e até aves, se eles conseguirem pegá-los! Então tenha cuidado com seu pássaro, não o deixe em locais que algum Teiú possa alcançar. Se algum outro Teiú aparecer por aí, deixe ele voltar para seu ambiente, pois eles são importantes para a natureza!

  5. Boa noite
    Eu moro na zona leste de sp.
    E nos fundos da minha casa tem um terreno com bastante mato.
    E vejo constantemente 2 ou 3 teiú comendo os coento e salsa.
    E tem uma janela que tem acesso ao terreno. Corre algum perigo de eles estar entrando dentro de casa.
    Obrigadoo…

    • Vanderli,

      Os teiús realmente podem consumir elementos vegetais, mas geralmente são frutos.
      Nunca ouvi falar deles comendo hortaliças. De todo modo, eles podem viver nas proximidades de ambientes urbanos/antrópicos.

      Quanto à entrada na sua casa, desde que não haja uma porta aberta, dificilmente eles entrarão. Especialmente se não houver nenhum atrativo no interior da casa. Os teiús são terrícolas e não são bons escaladores. Portanto, é bastante improvável que entrem pelas janelas.

      Obrigado pelo comentário e espero ter ajudado.

      • Estudo na UFRPE, faço medicina veterinária e lá no departamento vez por outra encontramos alguns animais silvestres como saguins, preguiças, jiboias e corais (a proximidade das ilhas de mata atlântica favorecem isso). Um dia vi 1 tejú enorme que saiu da capineira (do cercado dos cavalos) e desfilou tranquilamente na minha frente, imponente, lindo!! Comentei com um funcionário e ele disse que eram 2 que moravam por ali. Tempos depois esse mesmo funcionário veio comentar comigo que a universidade contratou algumas pessoas pra cortar a capineira, e, infelizmente, ele soube que mataram os tejus p comer tomando cachaça, um dos costumes nordertinos! 😦

      • Olá Taíssa! Muito triste esse acontecimento. É uma pena que muitas pessoas não compreendam o papel ecológico desses (e muitos outros) animais. Além disso, a carne de qualquer animal silvestre pode transmitir doenças, inclusive parasitoses. Espero que essa situação mude! Nós do NUROF-UFC queremos mudar essas e outras situações, e trabalhamos para alcançar isso através da educação ambiental e divulgação científica! Abraço!

  6. […] Lagartos brasileiros: peçonhentos não, mas nem tão inofensivos! […]

  7. Boa tarde, um lagarto teiú entrou em meu quinta hoje, e eu tenho uma labradora então os dois começaram a ‘brigar’ e percebi que ele mordeu o pescoço dela, vc acha que é necessário eu levar ela até o veterinário:?

    • Cara Kamila,

      Como você deve ter lido no texto, em alguns casos, as mordidas dos teiús podem causar lesões relativamente graves. Entretanto, dependendo da força aplicada na mordida e do local atingido, as consequências podem ser irrelevantes. Sendo assim, sugiro que, antes de qualquer outra decisão, você mesma examine com atenção não só o pescoço, mas todo o corpo do seu cão. Caso diagnostique alguma lesão (inchaço, hematoma, sangramento…) certamente seu cão deve ser levado ao veterinário.

      Por curiosidade, como terminou esse ‘encontro’ entre labrador e teiú?

      Espero ter ajudado.

  8. Tenho um gato velho que fica no quintal do sítio, dormindo debaixo das plantas. Tem uma família de lagartos que resolveu morar no quintal também. Um lagarto pode matar um gato?

    • Cara Lucia,

      É muito improvável que “os lagartos do seu quintal” consigam matar um gato. Contudo, infelizmente, o oposto não é verdadeiro. O “gato velho” é bem capaz de dizimar toda a “família” que você se referiu. Na verdade, os gatos domésticos são grandes vilões da fauna nativa! Se possível, mantenha-o distante dos lagartos!

      Espero ter ajudado e volte sempre!

  9. adorei esse texto é bem declarativo o que se deve fazer com os lagartos!

    • Obrigado por nos repassar suas impressões, Gabryela.
      Leia sempre nosso blog! 😀

      • Cachorro pode ser considerado animal peçonhento?
        Obrigado se alguém puder responder.

        José Caetano.

        Editado por conter pequenos erros.

      • Olá José Caetano,

        são considerados peçonhentos os animais que apresentam veneno e também uma forma eficaz especializada de liberar este, como algumas serpentes, aranhas, escorpiões, peixes e outros. Alguns mamíferos também são considerados peçonhentos, mas estes não ocorrem em território brasileiro. Cachorros, gatos e outro mamíferos nacionais não são peçonhentos, mas podem transmitir algumas doenças através de suas mordidas ou aranhões, e uma destas doenças é a raiva, causada por um vírus (Rhabdoviridae) e que pode levar à morte se não tratada rapidamente.

        A Equipe Nurof Nas Nuvens agradece sua participação!

  10. Tem um dragão de komodo no terreno do lado de minha casa. Ele deve ter uns 4 metros, mas parece inofensivo. Meu medo é de que ele ataque alguma criança caso esteja de mau humor. Sempre tem uma criança brincando com ele ou dando comida e temo que um dia ele ataque essa criança.

    • Caro Rafael,

      Como dito em outro comentário, precisamos de algum registro fotográfico para confirmar tal identificação. Envie-nos uma foto para que possamos lhe orientar melhor.

      Atenciosamente,

  11. Pode dar algum problema para o cachorro que mata um lagarto? A minha matou um que estava soltando líquido meio amarelo, coitado.

    • Caro Mateus,

      Não se preocupe. A não ser que seu cão tenha capturado um lagarto de grande porte (ver https://blogdonurof.wordpress.com/2012/03/22/lagartos-brasileiros-peconhentos-nao-mas-nem-tao-inofensivos-2/), dificilmente terá alguma consequência negativa. O mais comum mesmo, é ocorrer a captura de pequenos lagartos urbanos, incapazes de causar danos importantes a um cão.

      Quanto ao “líquido meio amarelo” que você citou, pode-se tratar de duas coisas. Ou constitui partes dos corpos de gordura, um tecido de armazenamento localizado na cavidade abdominal dos lagartos, ou consiste no vitelo dos ovos/embriões em desenvolvimento no caso de o indivíduo predado ser uma fêmea ovígera.

      Bem, espero ter esclarecido sua dúvida.

      Abração

  12. Como afastar esses lagartos??? Eles tem comido todos os ovos das galinhas no galinheiro da fazenda.

    • Oi Marcos,

      Os Tejos ou Teiús são realmente consomem ovos de aves. Mas dependendo das instalações é impossível afastá-los com segurança.
      Talvez o ideal seja realocar os sítios de oviposição de suas aves para uma distância maior do solo. Estes lagartos são terrícolas e não se empoleiram com facilidade. Portanto, talvez seja a forma mais “sustentável” de resolver esta situação.

      Espero ter ajudado,

  13. Tem aparecido diariamente no meu quintal, sendo pelo menos 2, comendo caramujos, não sei o que faço pra impedir a entrada deles, pois os fundos do quintal começa um morro… Tenho uma filha pequena e 2 cachorros. Fiz ate uma filmagem dele.

    • Oi Matheus,

      Muito interessante seu registro.
      Se tiver interesse, envie uma foto pra gente.
      Podemos tentar identificar a espécie.

      Abraço,

  14. Tenho no quintal da minha casa uma femea de Tejo, que morra de baixo das pedras da minha piscina, em um buraco feito por ela, a 5 anos.

    Quantos ovos é normal ela botar?

    Obrigado

  15. Olá apareceu um lagarto aqui no quintal de casa e eu tenho um gato o lagarto é pequeno mais comprido, esses dias o lagarto deu um corridão no meu gato esse lagarto pode matar meu gato, ou isso é improvavel.

    • Oi Robson,

      Conforme dito no texto, a grande maioria dos lagartos não pode causar nenhum mal ao homem e aos animais domésticos.
      Contudo, dependendo da espécie, se ele for encurralado ou agredido, pode se defender com a cauda e até mordidas.
      Na verdade, os gatos é que são grandes ameaças para nossa fauna de lagartos nativos! Os felinos em geral frequentemente “brincam” com outros animais e muitas vezes acabam matando eles, mesmo sem intenção de consumo. Portanto, não incentive que seu gato interaja com a fauna silvestre e, se possível, reprima esse comportamento quando ocorrer. O resultado disso será positivo para ambos!

      Bem, espero ter ajudado.

      Agradeço em nome da equipe Nurof-UFC das Nuvens.

  16. Moro em gramado RS minha casa é rodeada por estes animais? Aí te pergunto oque fazer?

    • Respeitar, Monalisa. Aprender a conviver com estes animais é a melhor forma. Se você não mexer com eles, eles não irão mexer com você. É tudo uma questão de respeito. 😉

  17. Olá, tenho um sítio onde recentemente surgiram tiús (2 no mínimo). Eles são vistos perto da lagoa e tem um tamanho consideravelmente grande (mais de um metro). Coincidência ou não, a piscina tem recebido a visita de muitas rãs, acredito que em fuga da lagoa. Tenho cachorro é uma gata que acaba de ter 5 Filhotes. Vi os comentários sobre os gatos. Minha questão é: estes lagartos podem comer os filhotes de gato? Como faço para afugentá-los de perto da casa? Atacam crianças? É crime extermínio dos mesmos? Obrigado

    • Oi Caio,

      Primeiro, é super normal teiús ocorrem perto de corpos d’água e isso certamente não está relacionado à ocorrência de rãs na sua piscina. As rãs, por viverem nas margens de corpos d’água, frequentemente podem confundir uma piscina com um lago natural. Contudo, as vezes elas caem nas piscinas e não conseguem sair, devido à distância entre a superfície da água e a borda, portanto, é importante retirá-las para evitar que morram (utilize o puça de limpeza da piscina caso não queira manuseá-las com a mão). Quanto aos cães e gatos, entenda que eles são os intrusos no ambiente natural do lagarto e que, na verdade, eles é que são mais prováveis de causar algum dano aos animais silvestres locais. Os teiús normalmente se alimentam de grandes insetos, ovos, pequenos vertebrados e frutas e com certeza gatos não são potenciais presas. O ataque à pessoas ou animais domésticos pode ocorrer, mas é improvável desde que não haja insulto ou intimidação aos animais. Por fim, maltratar ou matar animais silvestres é crime ambiental e por todos os motivos você não tem razão alguma para querer exterminá-los. Tente aprender a conviver com eles e, sobretudo, usufruir do bem que a fauna silvestre proporciona a todos nós.

      Abraço,

  18. Constantemente vejo Teiús no meu quintal e eu aprecio muito a presença deles, pois, já pude observar um desse lagartos comendo um caramujo africano. Ouvi dizer que eles comem cobras e outros animais pequenos (perereca, etc). Pra mim, isso é um grande benefício, pois eles contribuem para o “asseio” do terreno. Se eu alimentá-los para que eles fiquem nas proximidades, posso prejudicá-los de alguma forma? Se não, o que posso dar para eles comerem? Um vez joguei restos de carne grelhada e os Teiús comeram. Isso pode fazer mal pra eles? Gostaria muito que eles continuassem circulando no meu quintal.

    • Oi Samuel,

      Que bom que você entende a importância de respeitar os Teiús. Mas você também precisa pensar da mesma forma quanto as cobras e pererecas. Estes organismos também são importantes. Leia outros textos do nosso blog para se informar mais sobre eles.

      Quanto a alimentar os Teiús, isso não é necessário, nem muito menos indicado. Como você mesmo viu, eles conseguem caçar seus alimentos sozinho (insetos, caracóis, ovos, etc…). Ao ofertar alimentos de qualquer natureza para eles, você vai estar “desequilibrando” a disponibilidade de alimento e isso pode ter consequências indesejáveis. Por exemplo, como o exacerbado aumento na densidade populacional de Teiús. Além disso, alguns alimentos humanos podem ser danosos para os animais.

      Por isso, a melhor orientação é respeitar os animais e apenas desfrutar do contato íntimo com eles.

      Abraço,

  19. Um largato que vive aqui em casa num buraco, arranhou ou mordeu a perna de uma criança de 3 anos, nao sabemos se ele é venenozo ou não, quais são os riscos dessa criança ?? Ps:o largato tinha cauda amarela.

    • Cara Fábia,

      Como diz no texto, não temos nenhuma espécie de lagarto peçonhento no Brasil.
      E apenas em condições muito específicas, algumas espécie podem nos causar danos.
      Na verdade, a narração do seu caso soou muito estranha e pela descrição não temos como determinar a espécie.
      Se você puder nos enviar uma foto do animal, podemos tentar dar informações mais específicas.

  20. Ola sou João e tem no meu pátio um filhote de lagarto liso e ontem ele atacou minha esposa por sorte ela conseguiu fugir dele .Quem posso chamar para recolher ele e levar para um lugar seguro. moro em porto alegre RS . obrigada.

    • João,

      Que “Lagarto-Liso” é esse que atacou sua esposa. Você tem foto dele?
      Lembre que lagartos (mesmo as espécies maiores e mais agressivas) não atacam sem propósito.
      A melhor sugestão em todos os casos é respeitar o espaço dos animais e evitar interação direta.
      Se o animal voltar a usar seu pátio e isso lhe incomodar de alguma forma, você pode entrar em contato com os bombeiros ou polícia ambiental da sua cidade para capturarem e removerem o animal. Contudo, infelizmente, estes profissionais muitas vezes também não tem capacitação adequada para manejar todos os tipos de animais silvestres e, consequentemente, isso pode causar danos desnecessários ao lagarto em questão.
      Minha sugestão final… tente conviver com este lagarto! Isso NÃO significa promover interação, alimentá-lo ou cuidá-lo. Apenas entenda que nós que invadimos o habitat natural dele e que é, SIM, possível conviver saudavelmente com eles e usufruir da presença de animais silvestres no nosso cotidiano.

      Bem, desculpe se minha sinceridade não atendeu às suas necessidades, mas espero ter sido informativo.

      Atenciosamente,

  21. bom dia….
    no meu quintal a cada dia aparece mais lagartos; eles são de pequeno porte medindo em torno de 20 a 30 cm e recentemente descobrimos que alguns estão fazendo moradia no forro de nossa casa.
    Como expulsa-los dali; pois o local é forro de madeira e diariamente fica cheio creio ser de de fezes.
    Existe algum remédio que possamos colocar nestes locais para reprimi-los ????

    • Oi Lázaro,

      Não tenho conhecimento de nenhum “remédio” (você deve ter querido se referir a algum tipo de veneno) contra lagartos.
      Mas antes de tudo, você deve ter certeza de que as “fezes” que lhe incomodam sejam de lagartos (é provável que sejam de outros animais).
      Por exemplo, vale frisar que as fezes de lagartos geralmente não tem cheiro forte, diferente das fezes de ratos que são muito comuns em forros.
      Outra característica marcante é que as fezes de lagartos apresentam uma porção esbranquiçada, que constitui um tipo de “urina” sólida (não presente nas fezes de ratos).
      Além disso, você é a primeira pessoa que conheço que reclama algo contra as fezes de lagartos. Na verdade, um dos fatores para que estes animais sejam muito apreciados como pets, é justamente o fato de serem “limpos”, isto pois não excretam sob a forma líquida e seus dejetos não terem mau-cheiro.
      Enfim, espero ter ajudado de alguma forma.

  22. Olá Daniel, tem alguns lagartos meio escuros acinzentados em meu quintal,vejo alguns pela rua,são pequenos, estes animais sobem as paredes,vivem atrás de material de obras que tem aqui, estes bichinhos pouco maiores que lagartixa podem crescer quanto?
    São inofensivos?
    Outra pergunta, nos fundos do meu quintal está abandonado, mato crescendo,entulho, isto é um atrativo para aparecer cobras em meu quintal mesmo sendo uma área urbana?

    • Oi Iago,

      Infelizmente, apenas com a sua breve descrição e sem a localização geográfica, se torna impossível determinar a espécies de lagarto a que você se refere. No entanto, no geral, a maioria das espécies de lagartos que vivem em ambientes urbanos dificilmente atingem 30 cm de comprimento. No seu caso, não deve ser diferente.

      Quanto à segunda pergunta, vale lembrar que da mesma forma que alguns lagartos, certas espécies de serpentes também podem viver em áreas urbanas. Portanto, se seu quintal tem pouca atividade humana, muita vegetação e bastante abrigos, a probabilidade de uma serpente visitá-lo realmente deve ser maior. Mas não necessariamente isso significa que ele é “atrativo” entende? Mesmo nessas condições, é possível que você nunca veja uma serpente nele.

      Espero ter ajudado.

  23. Meu vizinho desmatou o sítio e percebi que tem um bicho listrado, 30 centímetros e meio com calda, ele é lindo, meu marido mandou deixar mas tenho um netinho de 2 anos, pode ser perigoso? O que fazer? Não quero o mal dele.

    • Olá Maria,

      o aconselhado é não chegar perto de animais silvestres, nunca sabemos qual pode ser a reação deles, apesar da maioria fugir em presença humana. Desde que não tentem manusear\tocar o animal ele não oferecerá perigo. Após o desmatamento eles geralmente buscam outras áreas verdes no entorno, então não há motivo para preocupação.

  24. Moro em Glorinha RS e tem uma família a 17 anos, quando cheguei aqui eles já estavam, agora aumentou, tem quatro que já conheço bem, macho e fêmea e dois filhotes, eles podem viver tanto assim? Dou frutas a eles, meu gato convive bem com eles, só fica olhando eles caminham livremente pelo meu quintal, as portas ficam abertas e nunca tive problemas para eles entrarem em casa, eu minha esposa respeitamos todos que vivem aqui e amamos todos eles, temos porco espinho, zorrilho, tatu parece que todos os bichos da região vem se refugiar no nosso sítio.

    • Oi Anderson! Provavelmente essa família de lagartos está sempre sendo renovada, o que explica sua permanência no seu sítio por todo este tempo. É pouco provável que algum desses lagartos possuam 17 anos, mas não é impossível. Muito bonito o respeito e amor que sua família tem pelos animais! Continuem assim! A natureza agradece a sua gentileza de refugiar os animais que perderam suas casas!

  25. Temos um Tejo habitando nosso quintal há alguns meses. A única preocupação nossa é que em breve teremos bebê novo em casa. Representa alguma ameaça?

    • Olá Luiz! Todo animal, se estimulado, pode atacar para se defender. Porém, o Tejo não oferece risco grave a ninguém. Já que crianças são menores, mais vulneráveis e menos espertas que os adultos, evite deixar seu bebê sozinho em locais que o Tejo possa alcançar. Abraço!

  26. Um lagarto desse apareceu no meu jardim, provavelmente veio do terreno do lado que é cheio de mato, eu tenho uma bullterrier que fica solta, nao deu tempo de segura-la ela viu o largarto, ai começou o corre corre, ela correu muitooo atras do lagarto que era enorme, e ele correu muito também ainda bem que ele conseguiu fugir e voltou para o terreno do lado, mas estou com medo do lagarto voltar e ela acabar conseguindo pegar

    • Olá Monique! O Tejo é bastante rápido para fugir, então não se preocupe! Caso haja algum acidente com ele, você pode consultar algum veterinário. Abraço!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: