A origem e diversificação dos lagartos


Os lagartos representam uma das mais antigas formas de vida animal no ambiente terrestre. Os primeiros lacertílios evoluíram provavelmente há cerca de 200 milhões de anos, durante a era Mesozóica, conhecida como a “Era dos Répteis” (Pough et al., 2008), tendo co-existido com os renomados “dinossauros”.

2012.03.16. Hemidactylus mabouia - Fortaleza - CE (2).

Figura 1. Indivíduo jovem de Hemidactylus mabouia. Fotografia de Daniel Passos.

Os registros fósseis demonstram que os primeiros representantes deste grupo se assemelham morfologicamente com as formas de lagartos viventes, como Tijubina pontei, lagarto fóssil do Cretáceo Inferior (Figura), encontrado na Bacia do Araripe, Estado do Ceará, Nordeste do Brasil (Bonfim-Junior & Rocha-Barbosa, 2006).

Desenhos esquemáticos do fóssil (A e B) e reconstituição hipotética de Tijubina pontei (C). Fonte: Bonfim-Junior & Rocha-Barbosaoautoecologia de Tijubina pontei Bonfim-Junior & Marques, 2006. Anuário do Instituto de Geociências–UFRJ 29:54-65.

A pele impermeável, seca e revestida por escamas epidérmicas, a presença de casca envolvendo o ovo e a fecundação interna, independente da água, consistiram em adaptações que permitiram a sobrevivência e a diversificação destes animais no ambiente terrestre (Zug et al., 2001). Desta forma, os lagartos se dispersaram e se diversificaram, ocupando a maioria dos continentes da Terra, com exceção das regiões polares.

Considerando o surgimento dos lagartos, por volta de 200 milhões de anos atrás, e sua ampla distribuição pelo globo, é licito considerar que os lagartos “dominavam” a Terra muito antes do aparecimento dos seres humanos atuais, surgidos há aproximadamente 200 mil anos.

Seremos nós humanos os “donos” da Terra? Ou os lagartos, uma vez surgidos, jamais deixaram de imperar sobre o Planeta que dizemos ser “nosso”? Estes animais sobreviveram à quedas de asteróides, glaciações, vulcanismos, entre outros acontecimentos que estão associados a eventos de extinção em massa . . . Continuarão eles a existir após a extinção da espécie humana? Sem dúvida, os lagartos ainda têm muito a nos ensinar.

O estudo do legado dos lagartos continua . . . Aguardem nota sobre a biodiversidade de lagartos no próximo mês!

Por: Daniel Passos, membro do NUROF-UFC

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BONFIM-JUNIOR, C. F.; ROCHA-BARBOSA, O. 2006. A Paleoautoecologia de Tijubina pontei Bonfim-Junior & Marques, 1997 (Lepidosauria, Squamata Basal da Formação Santana, Aptiano da Bacia do Arararipe, Cretáceo Inferior do Nordeste do Brasil). Anuário do Instituto de Geociências – UFRJ, 9: 54-65.

POUGH, H. F.; JANIS, C. M.; HEISER, J. B. 2008. A vida dos vertebrados. 4ª ed. São Paulo: Atheneu.

ZUG, G. R.; VITT, L. J.; CALDWELL, J. P. 2001. Herpetology: An introductory biology of amphibians and reptiles. 2nd ed. California: Academic Press.

8 Respostas

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Jonas Filho. Jonas Filho said: RT @NUROF_UFC: ✔ Quer saber sobre a origem e diversificação dos lagartos? No blog –> http://miud.in/kBD […]

  2. Uma sugestão! Que tal criarem um artigo tentando explicar a lição de vida dada por duas espécies tão diferentes uma da outra, mostrada neste vídeo?

    Obrigado e um forte abraço a vocês!

    • Caro Sandro,
      Agradecemos por sua visita e também pela sugestão. Em um momento oportuno esperamos poder tratar sobre o assunto!

      Att,
      Equipe NnN

  3. […] aquático e dominassem o ambiente terrestre a cerca de 200 milhões de anos atrás (Veja também: A origem e diversificação dos lagartos ). Entretanto, nenhum destes aspectos é tão importante para a relação entre humanos e lagartos […]

  4. […] de hábito terrícola e noturno, que possui dentição do tipo solenóglifa (Veja também:  A origem e diversificação dos lagartos) sendo, portanto, peçonhenta. A característica mais peculiar à essa espécie está na […]

  5. […] Outro fato curioso é que, embora “Tijubina” seja um nome popular para espécies recentes de lagartos (atualmente viventes), ao mesmo tempo, constitui um Gênero zoológico de um lagarto pré-histórico (Tijubina pontei) que viveu na Bacia do Araripe, na região nordeste do Brasil, no período Cretáceo, entre 145 milhões e 65 milhões de anos atrás (veja mais em: A origem e diversificação dos lagartos). […]

  6. […] os lagartos tiveram sua origem por volta de 200 milhões de anos atrás, durante a era Mesosóica (A origem e diversificação dos lagartos). Portanto, é esperado que muitas espécies de lagartos tenham existido em nosso planeta, desde […]

  7. […] geralmente tamanho maior que as fêmeas. É um lagarto terrícola e habita diversos (veja também: origem e diversificação dos lagartos) locais como áreas de bordas de mata, clareiras no interior de matas, e em áreas que foram […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: